guns ain't roses

guns ain't roses

domingo, 21 de novembro de 2010

A dialética do amor

Sabe,acho que depois de alguns anos de experiência sobre o amor,eu cheguei à muitas conclusões idiotas e precipitadas. Não escolhi o meu tipo de rapaz, não encontrei alguém que me amasse como eu amava (mas eu sempre acho que amo as pessoas mais do que elas me amam,rs), não recebi demonstrações românticas de amor tipo 365 cartas por dia ou alguém cantando "Your Song" em cima de um motel em forma de elefante; Mas acho que vivi coisas o suficiente para sentir como se eu já tivesse muito de amor.
E a primeira coisa que penso quando o tema vem à minha cabeça é como as pessoas sofrem quando amam. E depois como as pessoas se casam e se aguentam por vinte anos,trinta,cinquenta,se quando adolescentes mal se aguentam por um ano. E por fim nas músicas...Eu sou uma grande fã de músicas de fossa e em clássicos de amor. Aliás,penso mais em músicas do que em filmes porque acho que filmes sempre acabam bem demais e as músicas sempre mostram de fato como os apaixonados se sentem.
Em relação ao primeiro tema, eu não se é assim com todo mundo,mas eu acho que não existe amor sem sofrimento. Lágrimas são definitivamente provas de sensibilidade, caras amarradas provas de ciúmes ou de vontade incontrolável de estar junto com a pessoa amada, e crises histéricas de saudades. Mas isso é comigo (ou com pessoas do sexo feminino em geral,embora eu conheça exceções). Existem as pessoas que sofrem por dentro e é como se uma traça as corroesse quando elas sentem coisas ruins. Acho que o amor desse determinado grupo de pessoas acaba mais rápido,mas isso é só uma teoria. Por elas não exporem o que sentem,é mais difícil que superem a dor e os ressentimentos,e muitas vezes magoam seus respectivos amores porque tentam corrigir os erros e muitas vezes,pioram a situação. E tem as pessoas que escrevem músicas tipo o Elton John e o Di do Cine,rs.E a Taylor Swift, que parece sempre sentir o mesmo que eu sinto.
Então aproveitando minha deixa, falarei deles antes de falar sobre o mistério do casamento.
Como todos sabem eu sou uma grande fã de bandas nada-fofas tipo Iron Maiden e Metallica. Eles não tem nada de músicas fofas (embora eu tenho uma inclinação a achar que Sad But True e Nothing Else Matters tenham inclinações à uma certa dose de sensibilidade). Em compensação eu amo com todo meu coração Foo Fighters e tudo me lembra amor nas canções deles. Eu acho que tem relação com o fato de ser o Dave Grohl cantando e ele é meu sonho de consumo #1.Além deles cantarem Everlong que pra mim fala muito de amor e amizade.Enfim,mas essa também não é minha banda de amor predileta.Minha banda de amor predileta é o Guns n' Roses.Falam de amor como ninguém,entendem de fossa como ninguém e parece que são a coisa certa a se ouvir quando se quer chorar.Vide November Rain.
Bem,além dessas músicas já citadas,recomendo:
- More Than Words,Extreme. (Clássico dos clássicos.A música mais tosca que já ouvi em toda minha vida,rs)
- If It Kills Me e A Beatiful Mess,Jason Mraz. (Ele tem tendência a escrever histórias nas letras e eu amo isso)
- As músicas da Taylor A. Swift. Ela tem o dom de sofrer por amor e transformar isso em verdinhas.
- Yesterday e Something,The Beatles. (Amores de gente velha,rs.)
- As músicas de Sir Elton John. Gente,se ele é gay,eu deveria interpretar que as músicas dele são pra homens?! Sempre me pergunto em quem ele se inspirou quando a música trata-se de mulheres,tipo Tiny Dancer...
Depois da minha breve listinha,vamos falar de casamento.
Estou convencida de que eu estou fadada a ficar pra titia. Nunca vou conseguir ficar com a mesma pessoa por tanto tempo.Realmente não sei como as pessoas se amam e se aguentam,transam com a mesma pessoa,beijam a mesma pessoa por uma vida inteira.
Enfim,acho que é amor por isso eu não entendo.

2 comentários:

malditovivant.com disse...

O Amor é uma Droga...faça como eu ñ acredite nele!

Mas fica tranquilo, logo aparece outro carinha na sua vida, o mais estranho q ao mesmo tempo q vc está sofrendo por alguem agora, existe uma pessoa q sofre por vc.

E em geral não queremos o A e sim o B ai ficamos chateados..o A tb e o B pq na ele queria o C.

Todo mundo ta triste...rsrsrs maldito amor...

November Rain é bom...Tyner Dancer tb...mas fossa quem manja á o Bon Jovi...

Bjos

PS: Eu me curo muito rápido do amor e vc ?

Anônimo disse...

eu me curo devagar do amor, rs
relaxa cris, eu sei q tah tudo dando errado
mas vai ficar tudo bem
e eu to aki pra vc (:
beijos, sua amiga aspirante a fazer um blog =*