guns ain't roses

guns ain't roses

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Marina presidente


Estou longe de ser partidária política,extremista ou conservadora,petista,lulista ou alguma coisa assim.Pelo contrário,aqui em casa mamãe já simpatizou com o PT e papai saiu anti-PT,mas com o tempo eles se desiludiram com a política e foram por assim dizer deixando de lado,ou seja em grande parte do tempo deles são ambos anti-partidários.

Mas ontem ficamos até emocionados de saber que a Marina Silva conseguiu 20% dos votos.É hipocrisia dizer que eu odeio política,porque quem odeia,não se preocupa em lidar,não sabe dos seus direitos e deveres como cidadão;mas enfim,eu não assumo uma postura de apoiadora,mas nessas eleições se me perguntassem eu respondia que era da Marina meu voto.Mesmo sem chances,sem experiência,sem dinheiro para fazer uma campanha,eu simpatizava com a causa.Fiquei feliz dela ter conseguido esses votos que pesquisa COMPRADA nenhuma indicava.

Agora eu vou rir com esse segundo turno.Aliás aqui em Brasília,meu motivo de riso é duplo.Weslian Roriz e Agnello vão garantir piada e assunto suficiente até dia 31.

Um comentário:

malditovivant.com disse...

Politizada isso é importante.

Agora o futuro está nas mãos de Marina.

Ja foi pra havard?

bjos